10 Dicas Fáceis Para Um Site De Negócio De Sucesso

 

Negócio na Web 2.0

Para se obter resul­ta­dos sig­ni­fi­ca­ti­vos, nos negócio na web, não basta mon­tar um site, blog ou e-commerce e aguar­dar os aces­sos que poderão gerar negó­cios. Todo pla­ne­ja­mento estra­té­gico deve ser levado em con­si­de­ra­ção para atin­gir os obje­ti­vos alme­ja­dos, vamos fazer algumas recomendações.

Qual o seu público?

É claro que há casos distintos de como criar um site. A primeira pergunta a ser feita é: quem vai acessar esse site? Tomando como base essa resposta, você pode, sim, arriscar-se numa página inicial mais inovadora e fora dos padrões, mas se o site não for voltado para um público bem específico, a melhor saída é sempre priorizar a funcionalidade e a objetividade. E em tempos de uma rede cada vez mais sortida, fica mais difícil definir quem
de fato vai acessar seu site. Portanto, fique atento àquilo que pode representar uma dificuldade desnecessária ao visitante.

Menos é Mais

Essa máxima há muito tempo usada pelo design que também é válida para a Web. Ao planejar o seu site de negócio na web, pense de forma simples. Sites cheios de elementos em movimento só servem para distrair a atenção do seu visitante levando a perda de foco, quando não o irritam. Considere no que realmente o levou ao seu conteúdo. Sendo assim, não o distraia vá direto ao ponto. Lembre-se sempre: o seu concorrente está a um clique de distância.

Usa­bi­li­dade

Usa­bi­li­dade sig­ni­fica, basicamente, faci­li­dade no uso, no nosso caso, na navegação do seu site. Planeje seu site de tal forma que toda e qualquer informação deve ficar a dois ou no máximo três cliques da página inicial do seu site. A ideia é facilitar ao máximo o acesso do internauta às informações que ele busca, aumentando o seu grau de satisfação.

Cuidado com menus que se desdobram demais. Há casos que se torna quase um desafio conseguir clicar em uma subseção desses menus. Caso esse desdobrar seja de fato necessário, tente fazer com que todas as subseções venham logo em seguida aos botões.

Logotipo a esquerda

Esse já é um padrão na Internet e que vale a pena ser levado em conta. Sempre que possível, use o logotipo no canto esquerdo superior do site. Esse local facilita a visão do logotipo, além de ser um dos principais pontos de atenção que as pessoas têm ao acessar um site, servindo também como link para a página principal.

Contato sempre a vista

Muita gente se esquece de uma das utilidades mais básicas de um site: gerar contato do visitante com a pessoa proprietária do site. Mas como esse contato acontecerá sem que a pessoa que visita o site tenha acesso fácil a informações como e-mail de contato, telefone e endereço? Por isso, não pense duas vezes e deixe bem visível essas informações de contato a vista.

Ainda, como o contato é tão importante, incentive esse processo incluindo um formulário de contato prático e simples e bem visível no site, isso será muito positivo.

Mapa do site

Se há muito conteúdo no site e a quantidade de seções acabou ficando maior do que deveria ser não hesite em colocar um link para um mapa do site. Coisa simples e direta, para o entendimento imediato de como estão dispostas as informações no site.

Responsividade

Não existe mais justificativa para o seu site não ser responsivo, ou seja, visualizado em todo e qualquer dispositivo, seja desktop, notebook, tablet, smartphone ou mesmo celulares são os principais meios de acesso a internet no mundo e o Brasil não fica atrás. As últimas estatísticas mostram que além das vendas de desktop terem caído muito, em relação a equipamentos menores, e, que o acesso a partir das residências, através de smatphones e celulares, no Brasil, já ultrapassam os acessos através de desktop.

Quando estiver criando o seu site não deixe de considerar esse fato. Caso não leve isso em consideração perderá uma audiência significativa da web.

Posts (artigos) relacionados

Esse é um recurso hoje muito importante para manter o visitante no seu site, os posts relacionados, leva-o de um artigo a outro. Outra questão muito importante é que os links internos aumentam a relevância do seu conteúdo nos mecanismos de busca.

Oti­mi­za­ção (código e seo)

As buscas já estão integradas totalmente em nossa sociedade, isso é um fato. A popularização da internet e os avanços tecnológicos potencializaram um comportamento característico do ser humano, que é o comportamento de busca.

Conhe­cido como SEO (Search Engine Opti­mi­za­tion) que visa oti­mi­za­ção para meca­nis­mos de busca é um con­junto de téc­ni­cas que visão estru­tu­rar as infor­ma­ções sobre o seu negó­cio (rele­vân­cia), obje­ti­vando um melhor posi­ci­o­na­mento nos bus­ca­do­res. Atra­vés de palavras-chave con­ti­das no site (título, con­teúdo das pági­nas etc), que devem ser espe­cí­fi­cas sobre o seu negó­cio web e cons­tan­te­mente atu­a­li­za­das é que pos­sí­veis con­su­mi­do­res che­ga­rão até seu negó­cio.

Ainda considerando, é uma das formas de melhorar o posicionamento a médio e longo prazo do site do seu negócio em buscadores como Google, Yahoo e Bing sem ter que pagar os links patrocinados, de forma vitalícia.

Publi­ci­dade (divulgação)

A pro­pa­ganda é a alma do negó­cio, além de incluir em toda a sua pape­la­ria o ende­reço ele­trô­nico do seu site existe tam­bém a publi­ci­dade on-line que tanto pode ser feito atra­vés de links patro­ci­na­dos nos pró­prios sites de busca, como por exem­plo o Goo­gle Adwords, Facebook Ads etc., como em mídia soci­ais atra­vés de tro­cas de ban­ners, neste caso, que seja vin­cu­lado em sites ou mesmo comu­ni­da­des liga­das ao tipo de negó­cio web, pois, de outra forma a pro­pa­ganda poderá não sur­tir os resul­ta­dos esperados.

Concluindo

De nada adianta criar estratégias para o seu negócio web se não mensurar o que dá resultado e o que não dá resultados, use as ferramentas online para isso tipo Google Analytics. É muito importante para o nosso negócio web, sabermos para onde estamos indo, e, por conseguinte, mudarmos de rumo quando for necessário.

Gostou do post? As técnicas aqui apresentadas, juntamente com outras se encontram no ebook: Tirando o máximo do seu blog, clique e conheça o conteúdo.

Assine a nossa Newsletter.

Até o próximo.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *