Usuários não estão nem aí para os esforços dos webdesigners, segundo Jakob Nielsen

 

Jakob Nielsen divulgou em seu relatório anual sobre usabilidade da Nielsen Norman Group, As seguintes estatísticas:

  • 75% dos internautas conseguiram encontrar o que procuravam (em 1999 esse número era de 65%)
  • 60% dos internautas acessam um site através de suas páginas internas e não mais pela primeira página.
  • 25% dos internautas acessam a primeira página de um site e ficam navegando por ele até acharem o que procuram. Os outros 75% recorrem aos sites de busca.
  • Grande parte dos internautas não estão nem aí para os esforços dos webdesigners em tentar manter eles na página e que promoções piscantes e outras animações promocionais levantam suspeitas e por isso passam despercebidos.

Resumindo:

  • Os usuários estão chegando diretamente ao ponto, mais do que em 1999.
  • Nesse caso vemos nada mais do que a essência do hiperlink, com páginas, sites e blogs linkado uns aos outros, muito mais do que antes.
  • Objetividade é o que procura um internauta hoje em dia. Afinal, internet já não é mais novidade. Hoje, ninguém fica navegando horas e horas clicando em páginas sem saber o que procura, só para ver se cai em algo interessante. É mais rápido entrar num site de busca e receber na tela o link para a página desejada.
  • E não está mesmo. Você, webdesigner, fica lendo blog olhando para as propagandas que tem do lado? Aposto que você entrou aqui e nem olhou o banner que está ali em cima ou do lado desse post. Logo, porquê com os outros seria diferente?

Um outro fato que podemos concluir dessa pesquisa é que ninguém quer saber mais das firulas animadas do webdesigner, muito menos de sites carregados de flash.

“Os designers e proprietários dos sites ainda pensam que possuem um site especial e interessante e que as pessoas ficarão felizes com tudo o que for jogado para elas”

Jakob Nielsen

Não devemos deixar de dar atenção para a imagem que o nosso site passa, por exemplo, o site do próprio Jakob Nielsen é muito feio, então, o nosso dever, como webdesigner, é organizar as informações de uma forma que fique leve, atraente e gostoso de ler, sempre levando em consideração a objetividade e a falta de tempo das pessoas.

Bibliografia:
Jacob Nielsen – http://www.useit.com/
Matéria Completa – http://news.bbc.co.uk/2/hi/technology/7417496.stm

 

 

2 Comentários

  1. Patricia

    Citando você mesmo:
    “E não está mesmo. Você, webdesigner, fica lendo blog olhando para as propagandas que tem do lado? Aposto que você entrou aqui e nem olhou o banner que está ali em cima ou do lado desse post. Logo, porquê com os outros seria diferente?”

    Não olhei, porque seu site é padrão, tedioso, usa cores igualmente tediosas, e não transmite nenhuma idéia a respeito do assunto do seu blog. De fato, estou lendo esta matéria através de um link, mas não faço idéia de porque você publicou este texto, afinal, seu layout não transmite absolutamente nada o tema a que este espaço se dedica.

    Só quem não liga pra design pode achar que design é perfumaria. Nielsen é um homem muito inteligente, e um excelente pesquisador. Mas te garanto que ele não entende de marketing. Ou pelomenos nada sobre o que seduz as pessoas e as convence a comprar.

    Por último, te deixo um questionamento: quando vc entra numa loja de tênis, por que motivo vc acha aceitável pagar 300,00 R$ num Puma e inaceitável pagar essa quantia num “Ki-chute”? Se ambos são sapatos, por que o primeiro tem um valor agregado tão alto? Se é estupidez pagar tão caro num tênis, e ambos fazem o mesmo trabalho, por que é que as pessoas insistem em pagar caro? O que é que as pessoas estão pagando ali? Status? E o que é que deu esse status? O que tem naquele Puma que atribuiu esse status?

    DESIGN.

    Responder
  2. Milton Andrade

    Olá Patricia!

    Primeiramente gostaria de lhe agradecer pelo comentário em nosso blog.

    Todos os assuntos colocados no blog são justamente para permitir um debate franco e aberto entre os que por aqui estiverem, então, todos os pontos que você (posso tratá-la assim?) colocou são verdadeiros. O meu blog realmente não tem um apelo visual, pois a proposta é justamente o conteúdo, mas reconheço que precisa mudar, o que já estou providenciando.

    Quanto ao artigo, se você foi ao site do Nielsen e leu todo o artigo deve ter entendido a proposta dele. No blog, somente coloquei alguns pontos que são verdadeiros, pois, o foco dele não é DESIGN e sim USABILIDADE. Leia novamente o artigo sem preconceitos e verá que é fruto de muita pesquisa.

    A proposta principal do meu blog é IHC (interface humano-computador), ACESSIBILIDADE, USABILIDADE, TECNOLOGIAS ASSISTIVAS ETC., se quizer me dar sempre a honra da visita será um prazer.Os comentários serão sempre bem-vindos.

    De qualquer forma obrigado pela sua visita.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *